Como fazer um Bike Tour em Portugal FAQ

Como fazer um Bike Tour, veja aqui as principais questões que pode surgir para fazer e programar o seu bike tour.

Número mínimo de participantes para um Bike Tour?

Os programas disponibilizados tem um número a saber, mínimo de participantes. No entanto, podemos considerar grupos com um número inferior ao programa. Nestes casos, certamente apresentamos uma proposta tendo em conta o número de participantes.

Capacidade física para os vários programas?

A capacidade física é algo que não pode ser descurado. Ou seja é evidente que alguém que não pratica o mínimo de exercício (pelo menos 1 a 2 vezes por semana) e raramente anda de bicicleta, por conseguinte não é aconselhável participar nestas eventos. Por isso para testar as suas capacidades sugerimos participar num dos nossos programas de 1 dia de nível mais baixo/intermédio/alto.

Considerando que estou em boa forma física, o que fazer se tiver uma quebra de energia a meio de uma viagem?

Nos programas propostos, quando incluído, um carro de apoio acompanha o grupo para abastecimentos ou outras eventualidades. De acordo com os pontos da rota, além de transportarmos a bagagem dos participantes, o carro de apoio oferece suporte para eventuais problemas físicos, mecânicos ou outros. Como resultado, se o programa não incluir carro de apoio por opção de pacote, os participantes terão de carregar toda a sua bagagem em alforges na bicicleta entre as etapas.

É aconselhável efetuar alguma preparação física antes da viagem?

Se não existir uma prática regular de exercício físico, a preparação antes da viagem se bem que não vai ser a solução. Para quem pratica algum exercício de forma regular, uma preparação mais específica, 1 ou 2 meses antes, dependendo dos dias, quilómetros e acumulado, do programa, com certeza que vai ajudar.

Qual a preocupação com a alimentação?

Sendo nós o motor da bicicleta, a alimentação assume o papel de combustível. Nesse sentido, é recomendável que, durante a viagem, tenhamos algum cuidado e priorizemos alimentos energéticos mais ricos. No entanto, os participantes não devem ver esta questão como condicionante ou restritiva. Um programa como este também oferece aos participantes a oportunidade de apreciar a gastronomia local, portanto, não é desejável que andem preocupados com o que comem.. O mais importante é garantir que estamos bem alimentados.

É necessário uma bicicleta especifica?

Não, Dependendo do tipo de programa em montanha, estrada ou cicloturismo. Podemos apresentar uma bicicleta para o respetivo tour como aluguer com várias opções e níveis de equipamento. Se usar a sua própria bicicleta será melhor pois já está adaptado. Mas sempre aconselhamos uma vistoria prévia, que os participantes podem efetuar na nossa oficina.

É necessário ter um equipamento de navegação (GPS)?

Não, no caso de no programa ou pacote incluir um Guia turístico. Nos programas em autonomia, sem guia é necessário pelo menos um dos elementos ter este tipo de equipamento para seguir os trilhos. Um sistema de navegação é sempre útil, além de nos orientar durante o percurso. Pode também utilizar o GPS para localizar alguém que se perca durante o percurso. Mediante disponibilidade, é possível alugar o GPS.

É necessário levar ferramentas e peças suplentes?

As peças e ferramentas normalmente utilizadas como SOS para furos ou pequenas reparações, tal como câmara-de-ar, bomba de ar. É sempre conveniente ter numa bolsa na bicicleta. O carro de apoio lidará com questões mecânicas mais complexas, dependendo do tipo de avaria e mediante orçamento prévio.

Tenho de ter alguns conhecimentos de mecânica?

Não. O guia que acompanha o grupo poderá prestar a assistência básica em caso de avaria. No entanto, se este não conseguir resolver, terá de seguir no carro de apoio até ao fim da etapa naquele dia a fim de reparar a avaria. No caso de não ser possível a reparação e se não houver bicicleta de substituição (extra) o passeio para esse elemento pode ficar comprometido.

Que equipamento devo levar?

Conforme o programa e estação do ano que vai realizar deve adequar o tipo de equipamento. Um ponto importante é o calção ou calça a utilizar, ter uma boa carneira ou seja uma “almofada”. Para proporcionar conforto ao longo de algumas horas sentados num selim. A roupa para vestir no final de cada etapa fica ao critério de cada participante. No entanto, aconselhamos algo descontraído. e levar sempre equipamento para cada dia.

Transporte de bagagem durante o programa de bicicleta?

Em todos os programas propostos, disponibilizamos um carro de apoio que acompanha o grupo e transporta a bagagem, servindo também de recurso para eventuais problemas. Os grupos que optarem por efectuar o percurso em autonomia, terão de usar suportes nas bicicletas para o transporte da bagagem.

Turisbike bike tour in FB

Scroll to Top